Listas de Debates - Participe

    starbrothers

    forum_ufulogia

    ufobras

    forum_exobiologia

    forum_intaterrestres

     

     

ORIENTAL LUIZ NORONHA

[Oriental+Luiz+Noronha.jpg]

ORIENTAL LUIZ NORONHA
(Tatá)

Oriental Luiz Noronha, cognominado Tatá, nasceu em 06-04-1938, em Cruzília, M.G., filho de Orphila Athaide Noronha e Benita Alves de Souza Noronha. Seu pai era boiadeiro, percorrendo esses “brasis” afora, ficando meses ausente de casa com as tropas e boiadas. Certa vez seu pai viajou e três dias depois sua mãe faleceu. Depois de quatro ou cinco meses, ao retornar ao seu lar e sabendo da notícia do falecimento de sua mulher, ficou desorientado. Oriental e sua irmã, ficaram desde a morte da mãe, com um casal de índios que era seu vizinho em São Gonçalo do Sapucaí – M.G. Sua tia que era irmã de seu pai, depois de uns sete meses após a tragédia, traz de volta as crianças para Cruzília, onde viveram e tornaram-se adultas. O apelido Tatá, foi dado pelo casal de índios, pois Oriental tinha os cabelos avermelhados ou ruivos, significando fogo, na língua indígena. Foi cantor, compositor, músico e mais tarde escritor desenvolvendo pesquisas sobre São Thomé das Letras. Um dos amigos o chamou de “Indiana Jones” da vida. Conferencista, já deu palestra no Anhembi/ São Paulo; entrevistas para televisões, revistas e jornais, nacionais e internacionais. Oriental vive em São Thomé das Letras a mais de trinta anos, pesquisando inscrições rupestres e estudando fenômenos ufológicos que acontecem com freqüência na região, decifrando enigmas e mistérios. Foi abduzido quando tinha dez anos de idade, e muitos fenômenos tem acontecido com esse Indiana Jones da vida. Sua maior experiência ele agora leva a público, porque segundo ele é chegado a hora. Em seu CD-ROM “O Andrógino” que levou 10 anos para ser escrito, ele mostra São Thomé das Letras e o incrível contato com um Ser de uma outra dimensão de tempo e espaço, que além de um oráculo muitas coisas bonitas o ensinou. Neste CD-ROM o Andrógino, Oriental encontra uma Maria, que se torna sua companheira, lhe ajudando em suas pesquisas diárias e muitos fenômenos acontecem nesta iniciação pelos Caminhos de São Thomé das Letras. Já viu estas paragens naves e objetos estranhos. A primeira vez foi há 14 anos, numa altitude de aproximadamente dois mil metros. No entanto, afirma ter visto nitidamente uma nave muito grande, cinza, dotada de um facho de luz esverdeada em cima, tendo cinco objetos redondos, que ora entravam e ora saiam dela. Levou um grande susto, é claro! Mas só dessa vez. Agora, quando vê objetos estranhos, sente uma energia diferente. Comentários: Acho que o Sr. Oriental Luiz Noronha é um famoso ufólogo, pois lembro de uma reportagem que ele defendia, que os ETs, visitavam São Thomé em busca de substâncias químicas que seus minerais possuem. Quando você for a São Thomé pode conferir essa reportagem fixada na parede dentro da Padaria do Escadão. (Estava lá no carnaval de 2002).